contexto

Liderança – Poder do contexto

LÍDER: Aprenda a enxergar o contexto

Nesse momento de incertezas no país e no mundo, necessitamos de uma visão geral, do contexto e a presença de um processo que envolva estratégia e negócios é imprescindível.

É sabido que os líderes precisam de espontaneidade para tomar diversas decisões, mesmo com fatores desconhecidos, porque a sobrevivência depende dessas escolhas cujos resultados são viáveis, independente da situação.

Você pode me perguntar: “Ok, Mel! Começo por onde?”

Querida Pessoa Líder, com uma atitude simples: PERGUNTAS.
Quando éramos crianças, apreendemos o mundo perguntado: O quê? Por quê? Como?

Graças à nossa educação e, para muitos as reiteradas vezes que ouviram algo parecido com:

“Chega de Perguntas!” “
Para com essa bobagem.”
“Um dia você descobre.”
“É assim, porque é assim.”
“Criança chata, perguntelha.”

Fomos perdendo o hábito de perguntar, até mesmo na escola, lembro-me que o aluno que fazia muitas perguntas, era considerado chato, ‘burrinho’ – até mesmo pelos professores.

Sendo que todas as correntes pedagógicas enaltecem o hábito de perguntar o que você quer saber como parte do processo de aprendizado de longo prazo.
Aliás – até Sócrates falou da importância do ato de perguntar.

Então, vamos lá, sugiro que você faça estas 6 perguntas primeiro para si mesmo.
Responda-as com objetividade e verdade.
Depois, faça-as para seus familiares, colegas de equipe e amigos.

Explore essas ideias, para que você tenha uma visão de contexto.

  1. O que está acontecendo no nosso mundo hoje?
  2. O que esse[s] acontecimento[s] significam para nós?
  3. O que esse[s] acontecimento[s] significando para os outros?
  4. O que tem de acontecer primeiro para que tenhamos os resultados desejados, as mudanças que você quer [que queremos]?
  5. Qual é o nosso papel de agentes transformadores nesse contexto?
  6. Qual é a primeira atitude que você deve [que devemos] ter?

 

Quando você trabalha com essas 6 perguntas, você tem uma visão ampla:

a) Dos anseios da família e amigos;
b) Da abordagem ideal para avaliar e viabilizar que a empresa ganhe dinheiro, melhore seus resultados.

Trata-se de um processo interativo que enfatiza as suas habilidades mentais de líder, para ver e enxergar de maneira qualitativa como o mundo está mudando – quase sempre incluindo as perspectivas das pessoas a sua volta.

Na verdade, é uma grande mudança de paradigma para os Líderes acostumados às velhas regras práticas, pois transcende as crenças gravadas na mente de muitos profissionais, executivos, líderes de equipe.

Essa atitude representa que você abre mão da confiança habitual e linear do “time que está ganhando não se mexe” – nesse caso atitudes que sempre deram certo, continuam e continuarão dando certo.

Você está propondo uma nova mentalidade capaz de perceber tendências de modo ágil, entendê-las, mesmo que sejam garantia de sucesso automático.

Pelo contrário, o sucesso de toda estratégia depende do rigor e da disciplina no processo de implantação, visualizando as mudanças, deduzindo ações específicas, para implementar o seu Projeto Pessoal, carreira, negócios.

Faz sentido para você essa ferramenta?

Autossabotagem

Como vencer os Sabotadores de Sucesso

Uma carreira bem-sucedida, sucesso nos negócios, vida pessoal feliz são buscas comuns à maioria dos humanos, contudo sempre encontramos barreiras entre o estado A e o estado B.
Essas, consideradas bruxas, possuem imensa vilania e recebem inúmeras expressões, como:

“É difícil!”
“Eu não consigo.”
“Amanhã eu começo.”
“Eu sonho, mas não é para mim.”

Tais expressões vêm acompanhadas de comportamentos. Usando a linguagem psicológica, em Coaching, chamamos de comportamentos sabotadores, impedidores da sua evolução pessoal, profissional e empreendedora.

Em outras palavras, com esses comportamentos sabotadores você não irá a lugar algum, ficará estagnado, olhando o mundo evoluir, entrando sempre na lista negra do desemprego, do fracasso.

Qual é a atitude importante e necessária?

Eliminá-los definitivamente e conhecer o nosso amigo FOCO nas suas competências positivas que – o coloquem mais perto da realização de suas metas e propósitos de vida.

Apresento-lhe algumas dessas barreiras, grandes bruxas, vilãs do SUCESSO e saiba como eliminá-las:

Barreira 1: Má Administração do Tempo e ausência de Foco.

Essa vilã tem o poder de atrapalhar muito seu desenvolvimento.
Saiba que, má administração do tempo significa ausência de prioridade, ou – até – uma desculpa “esfarrapada”, para não priorizar o que realmente é importante para você.


Solução possível que pode ajudar muito em sua organização de tempo: OUSAR.
1. Mantenha o FOCO, para tanto lance mão de uma agenda (de papel ou tecnológica), pode ser também uma planilha de atividades diárias.
3. Enumere todas as tarefas que rotineiramente realiza, ordenando-a por prioridade: (A) importantes; (B) urgentes; (C) circunstanciais.
Assim facilita o que você deve fazer primeiro, evitando procrastinar (deixar tudo para depois, para a última hora).

Lembre-se de elaborar essa planilha com harmonia,
dosando com qualidade a vida profissional e a vida pessoal.

Barreira 2: Falta de Motivação, estresse, rotina desgastante.

Outra vilã poderosa ao seu desenvolvimento do pessoal ao profissional é a Falta de Motivação que pode vincular-se a inúmeras realidades, tais como: cansaço, falta de reconhecimento, improdutividade.

Ser MOTIVADO é uma decisão pessoal, vem de nosso mundo interior, por isso você necessita enumerar seus objetivos e a realização deles, visualizar-se nesse momento de plena realização. Essa decisão será mais forte do que os desafios e fracassos na jornada.

Devemos voltar nosso olhar para os filósofos gregos, entender que: 

‘Assim como a natureza tem dias de chuva e de seca, de frio e de calor;
nós – que fazemos parte da natureza – também teremos dias bons e ruins.’

Tanto um quanto o outro fazem parte da normalidade, no ciclo da vida.
Devemos evitar é abatimento diante do primeiro problema, da primeira dificuldade que surgir na caminhada pessoal, profissional e/ou empreendedora.

Analise a situação-problema, busque soluções para ela, enumere os aprendizados que ela trouxe os insights que surgirão a partir dela, fortificando você – ainda mais.

Solução Imprescindível: VENCER BARREIRAS.
Enfrente seus desafios na hora, frente a frente, olhe amorosamente seus problemas nos olhos e veja neles possibilidades de evoluir, de aprender; como oportunidade de mudança.

Se você não está feliz em seu relacionamento; dialogue com sua parceria, enumerando o que está bom, o que precisa melhorar e JUNTOS encontrarem saídas, para eliminar o que não está bom.

Se você não está se sentindo pleno e realizado no seu emprego; busque nova oportunidade de empregar suas competências, melhorar sua remuneração e obter reconhecimento profissional ou pessoal.

Se você está acima do peso; procure um médico, uma nutricionista, faça atividade física, assumindo uma postura saudável diante da vida.

Se você está estressado demais, cansado demais, irritado demais; verifique a data do seu próximo período de férias, planeje-as com alternativa diferente da vida rotineira (se você mora em grandes cidades, pense em algo no campo, praia tranquila); monte atividades de recreação ao ar livre nos findis, vá a parques de sua cidade, caminhe, pedale, patine, jogue futebol com os amigos, relaxe – dormindo até mais tarde, lendo um bom livro, conversando com amigos, idosos e crianças, brincando com crianças, animais.

Lembre-se sempre de manter o FOCO no que é positivo e agrega valor,
acredite no seu potencial interno.

Tendo a certeza de que, a cada amanhecer,
nasce uma nova oportunidade de fazer diferente,

de dar novos passos rumo à realização.

Barreira 3: Zona de Conforto.

Essa vilã corresponde a um dos principais comportamentos limitantes, o comodismo impede você de avançar, de realizar ações novas, de crescer.
TBC, como diz meu mestre: Tire a Bunda da Cadeira!
Saia da sua zona de conforto, pense fora da curva.

Soluções Poderosas: Busque novos conhecimentos (leia bons livros, faça cursos de aperfeiçoamento profissional, de desenvolvimento pessoal).
Cultive novas maneiras de viver com mais saúde, de trabalhar com mais proatividade, de exercer sua liderança com mais produtividade.
Ações simples que alicerçam sua vida e podem direcioná-la para onde você deseja, para seus resultados desejados.

Coloque em práticas essas dicas, eliminando definitivamente essas vilãs, esses comportamentos sabotadores que impedem seu crescimento pessoal e profissional.

A Mentoria de Liderança pode ser uma excelente aliada nesse seu processo.
Sabe por quê?
Porque é uma metodologia poderosa de desenvolvimento humano, ideal para quem busca IR ALÉM e realizar. Realizar através de mudanças permanentes em sua vida, envolvendo todos os setores.

Com o auxílio de diversas ferramentas científicas e técnicas, você aprenderá a PILOTAR o avião da SUA Vida, dando novos significados para comportamentos e crenças limitantes, negativas e bloqueios internos, conquistando assim todas as habilidades necessárias, para alcançar e realizar todos os seus objetivos e sonhos, de maneira EXTRAORDINÁRIA.

Qual é a maior barreira entre você e seu desenvolvimento pessoal e profissional?
Responda nos comentários.

PODER da ESCOLHA

Qual o destino você escolhe?

O povo brasileiro já cantou, foi às ruas, exigiu Diretas Já, pediu impeachment duas vezes… faz parte da história do Brasil. E assim se fez.

Demorou um pouco, mas o país está sendo passado a limpo. Desejamos que essa faxina aconteça ampla, total e irrestritamente e vá até o final.

Uns culpam a colonização pela situação atual; outros a ditadura, mas como diz a sabedoria popular: “Quem com porcos se mistura, farelos come.” Aliás, uma boa referência a esse dito é o livro Revolução dos Bichos, de George Orwell.

Herbert Viana cantou sua poesia: “Luiz Inácio falou, Luiz Inácio avisou são 300 picaretas com anel de doutor!” E como dizia minha mãe: “cospe pra cima e veja onde o cuspe cai”.

Pois é, ele falou, ele avisou e recebeu o cuspe com respingos nas caras dos caretas.

Direita? Esquerda? Centrão? Isso é coisa do passado.

Atualmente, temos na famosa feijoada  um pouco de tudo. Quem cozinha, sabe que todas as carnes, quando misturadas ao caldo do feijão (corrupção), tudo fica tingido, não escapa nada.

Mas, sempre escapa alguém.

Quem? Talvez quem ainda não tenha sido citado, convocado, detido, fugido, delatado, aprisionado, menosprezado a Pandemia, viajado com malas, dinheiro em cuecas e afins.

Julgar. Devemos deixar esta missão a quem de direito e proficiência para isso.

Clamar por JUSTIÇA é um direito do povo. Mas, de quem estamos falando, que povo é este:

  1. o trabalhador que sofre com o desemprego?
  2. o trabalhado incansável para viver com dignidade?
  3. o povo manipulado por instituições de ordem e bandeiras?
  4. o povo iludido com falácias e sofismas de quem – ainda – não sabe de nada?
  5. o cidadão que tem acompanhado, estudado a situação sem tendências partidárias ou simpatias políticas?
  6. o cidadão sedento por Ordem e Progresso?

Não importa, porque cada um possui suas convicções e elas estão certas, sob o ponto do vista do observador.

Levanto aqui uma reflexão – sem julgamentos: DISCERNIMENTO é um caminho, mas quem diante do cenário político atual, possui idoneidade moral, ética para se candidatar?

Ora, com urnas vendidas ou não, quem está no poder e neste picadeiro de 5ª cuja apresentação receberia do velho Chacrinha buzinaços antes do primeiro segundo – representa você.

Sim, isso mesmo!

Você pediu, cantou, lutou, acreditou e pode estar se esquecendo da canção do Cazuza:

“Brasil, mostra a tua cara!
Quero ver quem paga pra gente ficar assim.
Brasil, qual é o teu negócio, o nome do teu sócio, confia em mim!”

O Brasil está mostrando a sua cara, você já sabe quem paga e recebe, conhece os nomes dos sócios.
Resta agora saber, se o Brasil merece confiar em você.

O Brasil está pronto para seguir o seu caminho.
Você está pronto para aprender com seus erros.
Isso é treinamento para a Excelência.

Se você já pintou a cara, fez faixa dupla verde-amarela… Show!
Fez o seu melhor, não importa qual bandeira você levantou, defendeu.

Estamos em outro momento. “Errar é humano, aprender com o erro e acertar é DIVINO.”

Assuma sua sabedoria com humildade, reconhecendo os erros do passado.
A hora é de construir novos comportamentos, novas crenças, novas posturas e UM NOVO PRESENTE NOVO, para UM FUTURO PROMISSOR.

Está em suas mãos, em nossas mãos.

Então, busque saber mais e mais sobre todos os envolvidos, use sua inteligência e intuição, para enxergar além do que está sendo amplamente divulgado nas mídias e redes sociais.

Elabore com bom-senso, com ética, com justiça, com inteligência o seu pensamento sobre a realidade atual.

Sinta em sua essência, qual é o FOCO desejado para o BRASIL.

Fale o que seu pensamento e sentimento traduzem, assuma responsabilidade.
Tenha atitudes congruentes com seus valores.

E, antes de poluir sua timeline com hastags, notícias tendenciosas, ocupe sua vida com o conhecimento dos fatos e lembre-se sempre de nunca se esquecer de lembrar:

“Você é PROTAGONISTA da SUA HISTÓRIA.
Você COMANDA a sua VIDA.”

Você merece ser representado no Executivo, Legislativo, Judiciário, nos cenários federal, estadual, municipal por pessoas com aspectos similares aos seus: honestidade, dignidade, justiça, ética, moral, lealdade, verdade.

Pense nisso.
Sinta minha intenção.
Troque minhas palavras pelas que façam mais sentido para você.
O Brasil em progresso com ordem precisa de você.

Mas, ASSUMA O COMANDO DA SUA VIDA, sendo o VERDADEIRO protagonista da sua História.

Querido Líder! Querida Líder!
Você pode não gostar de política. Eu respeito.

Agora, você é LÍDER e seu país necessita de sua INTELIGÊNCIA EMOCIONAL E RACIONAL em equilíbrio, da sua MATURIDADE e, principalmente, da sua responsabilidade na hora de escolher e votar para Deputado Estado, Deputado Federal, Governador, Senador e Presidente.

A era das PAIXÕES, das SIMPATIAS já passou, isso é coisa de adolescente.
O MOMENTO é de SANIDADE e CONSCIÊNCIA SÓCIO-POLÍTICA.

Já houve o tempo que o voto se definiu pelo mais bonito (Collor), o mais simpático (Collor), o mais popular (Getúlio, Lula, Dilma), o mais intelectual (FHC), o mais religioso (Bolsonaro), o mais verde-amarelo (Bolsonaro), o mais vermelho (Lula, Dilma)… 

Quem merece e deve ganhar é aquele que você CONFIA e ACREDITA que pode CUMPRIR com a PALAVRA e ajudar o POVO da NAÇÃO BRASILEIRA: do miserável ao rico, sem exceções.

É importante fugir da mentalidade de vira-lata e usar o discurso dos Miseráveis. Isso é miopia.

É VITAL desenvolvermos a MENTALIDADE PRÓSPERA e saber que:

  1. quanto mais EMPREENDEDORISMO, mais RIQUEZAS e mais postos de trabalho;
  2. quanto mais CULTURA FORMAL, mais pessoas conscientes de seus direitos e menos fanáticos e tendenciosos de um e outro lados;
  3. quanto mais EDUCAÇÃO de QUALIDADE, mais pessoas ocupadas com a sustentabilidade;
  4. quanto mais EDUCAÇÃO, mais respeito ecumênico, étnico, LGBTQIA+ …
  5. quanto mais SAÚDE INTEGRAL, maior a agricultura e pecuária sustentáveis e a comida em todos os pratos;
  6. quanto mais JUSTIÇA SOCIAL, menos auxílios governamentais, porque haverá MAIOR oferta de trabalho e remuneração digna;
  7. quanto mais RICOS, mais consumo, mais negócios, mais trabalho, mais dignidade, porque dinheiro é energia que circula e favorece a todos.
  8. quanto mais ASSISTENCIALISMO, mais e mais o povo brasileiro será tratado como incapaz, como massa de manobra política, criando abismos econômicos.

Estude com maturidade, atenção, cuidado e detalhe as propostas de TODOS os candidatos e as possíveis consequências de suas bandeiras e ações.

Conhecimento é poder transformador.

Deixe seu comentário sobre este artigo.

 

 

O que você enxerga

Gestão de Projetos – Além do que se vê.

“A vida é o que fazemos dela.
As viagens são os viajantes.
O que vemos não é o que vemos, senão o que somos.”
Fernando Pessoa

O que você vê na sua vida?
O que você vê e enxerga na foto presente neste post?
Alguma vez, você trocou a cor, ou cortou os cabelos e ninguém percebeu?
Tem um estudo sobre isso!

Em, 1998, estudiosos das Universidades de Harvard e Kent fizeram um experimento que – talvez – você já viu e riu muito reiteradas vezes na famosas “pegadinhas”, em programas de auditório nas TVs abertas e fechadas.

O estudo é este:
Cenário: uma rua, praça pública.
Envolvidos: Um ator necessitando de uma informação. Um pedestre comum. 2 trabalhadores carregando caixas, ou materiais de construção.
Contexto: Ator faz uma pergunta ao pedestre, enquanto esse responde, 2 trabalhadores passam carregando um objeto que impede a visão entre o ator e o pedestre com alguns segundos.
Novidade: enquanto os trabalhadores estão passando trocam o ator, por alguém com trajes e aparência diferentes.
Conclusão: 50% dos testados não perceberam a mudança do ator, continuaram dando a resposta e foram embora.

O que podemos entender desse estudo?


Nós não notamos o que está diante de nós.
Esse é o motivo pelo qual no Reality BBB, os participantes com o passar das horas, esquecem que estão sendo observados – até que alguém alerta.

A questão é que não temos tanta consciência do que se passa à nossa volta. Esse fato chama-se Cegueira a Mudanças”.

Cegueira a Mudanças é a nossa capacidade seletiva em relação ao que apreendemos em qualquer cena visual, concluindo que nos pautamos muito mais pela memória e o reconhecimento de padrões, do que pelo que estamos – de fato – vivenciando.

Vamos exercitar o nosso cérebro!

Olhar. Ver. Enxergar os detalhes. Perceber as pequenas mudanças em nós e nos outros é uma prática que funciona como afinar um instrumento musical, ou seja, proporciona mais cor à vida.

A autoLiderança e a liderança de pessoas correspondem ao mesmo canal de comunicação, ou seja, os erros que cometo comigo mesma, tendo a cometer com as outras pessoas.

O mesmo se reflete na Gestão de Projetos, a régua, a medida é a mesma, por isso os erros se repetem sucessivamente.

Em meus 30 anos de atendimentos a pessoas e empresas, observo essa rigidez pseudo-prática de olhar a situação e deduzir os resultados.
Tudo muito precipitado, sem estudo e os resultados serem sempre os mesmos.

Estamos falando de VIDA. A vida é dinâmica, assim como a Gestão de Projetos.

Temos de analisar em profundidade: olhar ⇒ ver ⇒ enxergar ⇒ perceber ⇒ analisar a melhor estratégia de mudar aquela situação e implantá-la com todo o cuidado e comprometimento.
Com a intenção de acabar com o conflito, de alavancar as vendas, de potencializar o profissional, de proporcionar saídas saudáveis e sustentáveis para os relacionamentos.

Responda: O que você vê na imagem deste post?

Leia Também:

Como ser um Líder Autêntico

Dica de Leitura: Transformando suor em ouro

4 hábitos que dão um Up na sua Liderança

 

Autoconhecimento gera Alta Performance

Autoconhecimento gera Alta Performance

Você é LÍDER da sua vida!
Você é empreendedor na sua própria vida!


E como tal, você e eu temos “aqueles” ingredientes básicos que nos inspiram, nos motivam e nos conduzem à busca constante de nossos objetivos e metas.

Sonhar é motivador.

Visualizar-se em uma casa grande e bonita, dirigindo um carro caro, trabalhando numa grande empresa, ou – até – por que não, vendo a própria empresa prosperando com lucros astronômicos; construir uma família parecida com a família dos comerciais de margarina.

Acordarmos diariamente, trabalharmos, estudarmos, lermos bons livros, termos nossos momentos de esporte e lazer, podem ser caminhos escolhidos, para alcançarmos o almejamos. Sim, excelente.

Você, agora, enquanto lê este artigo pode responder a essas questões com VERDADE:

  • O que motiva você?
  • O faz de você uma pessoa FELIZ?
  • O que você quer para a sua vida? Qual o seu desejo?
  • Quais são suas metas? Como e onde pretende estar daqui a 6 meses, 1 ano? 5 anos? 10 anos?
  • Como quer estar financeiramente?
  • O que você pretende fazer com sua família?
  • Como você quer estar?

Perguntas básicas que nos permitem identificar quais são nossas reais expectativas com o nosso principal empreendimento: NOSSA VIDA.

Podemos principalmente, conhecer nossos REAIS motivos para ação, ou seja, nossa motivação pessoal.

Conhecendo nossa MOTIVAÇÃO, podemos entender como e por que devemos tomar esta ou aquela atitude, mudar este ou aquele hábito.

Num próximo passo, outras perguntas surgem, para alicerçar a caminhada:

  • O que você deve fazer para alcançar seus objetivos?
  • Em quanto tempo quer ver seus objetivos alcançados?
  • Qual a sua estratégia de conquista?
  • De quem dependerá seu sucesso?
  • Quais os seus apoiadores?

Quando determinamos O QUE queremos, sabemos a finalidade e a maneira como faremos, nesse momento nossa motivação e o nosso desenvolvimento pessoal se fortalecem e potencializam nossa performance.

Resultado: alcançamos nossos objetivos com assertividade, produtividade e, principalmente, em curto espaço de tempo.

Isso é um processo de AutoConhecimento! 


Desenvolvi essa Metodologia que alia psicoterapia, coaching com diversas outras maneiras de agilizar a Jornada do Aqui-Agora até o Estado Desejado.

Eu acredito nessa metodologia de autoconhecimento, de melhoria de performance, nesse processo de resultados mensuráveis.

São  encontros de mergulho em si mesmo, de autorreflexão, autoconhecimento, auto desenvolvimento, onde encontramos nossos Valores Verdadeiros e Crenças Poderosas, reconhecemos nossas Habilidades e Competências, enxergamos muito além dos nossos Pontos Fortes, os pontos de Melhoria, os fatores limitantes e sabotadores. E, com ferramentas científicas, dar novos significados.

Essa jornada gera reflexão e comprometimento, em prol do alcance dos seus objetivos e metas, dos seus sonhos e desejos; enfim, para a Gestão Eficiente e Eficaz de todos os seus projetos.

Proponha-se um RUMO novo para a sua jornada no planeta Terra, conquiste-se e entenderá como cada dia é o começo de um novo ciclo de uma nova etapa, traçando novos planos, novas metas, novas expectativas para realizações e, principalmente Sonhando novos SONHOS.

Faz sentido para você ousar e fazer
uma Jornada de Autoconhecimento para atingir seus objetivos?


  • Leia também:

Como vencer as 4 armadilhas mentais que afastam você do topo? 

Por que fracasso se minhas ideias são fantásticas?

Como agir de modo emocionalmente inteligente?

 

Boa ideia e fracasso

Por que ‘fracasso’, se minhas ideias são fantásticas?

É provável que você já tenha se perguntado
o porquê de não ter sucesso com ideias fantásticas.

Os principais responsáveis são: procrastinação, desistência e urgência.

Você já ouviu expressões parecidas? “Amanhã eu começo!” “Após o carnaval.” “No início do mês.”  “Estou esperando a crise passar!” “Depois das eleições.” “Assim que…”

Se, de um lado, há quem diz frases como essas, que têm ideias fantásticas, sentem-se como empreendedores, porque querem, decidem pela prosperidade, mas sucumbem diante da procrastinação, conhecida como “empurrar com a barriga”, tornou-se uma realidade para muitos brasileiros.
Esquecendo-se de que esse fato somente adia a alegria da conquista.

Por outro lado, existem aqueles que iniciam seus projetos com garra, mas desistem diante dos obstáculos para a realização. “Agora vai!” “Estou no poder!” “Sinto o cheiro da batata assando…” “Não vai ter pra ninguém.” “Tô correndo atrás do prejuízo!” Epa!

Você corre atrás do prejuízo e reclama que não consegue realizar nada?

Veja Bem!!!!

Se você está correndo atrás do prejuízo, significa que você quer pegá-lo pra você.
Atenção para as ciladas da língua portuguesa coloquial, gerando equívocos que fazem a mente trabalhar equivocadamente.
Reformule a informação imediatamente, pois o correto é: “Estou correndo do prejuízo!”

Engana-se quem responsabiliza a falta de apoio do governo, ou falta de recursos financeiros por seus fracassos, ou insucesso de seu projeto.

Acredite, o maior responsável pela desistência dos projetos recai sobre o sentimento de urgência.
O desejo de que os projetos aconteçam rapidamente; a ânsia pela obtenção de resultados miraculosos, do lucro fácil e rápido, fazendo com que muitos projetos sensacionais naufraguem na praia.

Sendo assim, para que suas ideias fantásticas se realizem, você precisa organizá-las; construir o projeto detalhado, avaliando os custos e riscos do projeto até a realização; montar estratégias para que – após a implementação – você possa manter o projeto em ação pelo período de estabilização; administrar a motivação em todo esse período, desenvolvendo a paciência e aguardar pelos resultados.

Aprenda com a natureza o tempo certo de adubar o solo, de escolher as sementes, de plantar, de cuidar, retirando as ervas daninhas e de colher os frutos.

Tenho certeza de que seus sonhos se realizarão e o sucesso é consequência.

 

Gostou desse post? Compartilhe com seus amigos.
Comente abaixo, ou envie-me um email.
Sua opinião é muito importante, para o aprimoramento  das postagens.

 

Leia também:

Triimmmm: Acorde seu Gigante

Autoconhecimento constrói sucesso

Ousar versus Zona de Conforto

arma,dilhas contra o sucesso

Como vencer as 4 armadilhas mentais que lhe afastam do Topo?

O cérebro é uma máquina perfeita, a mente tem a capacidade de criar diversas armadilhas que dificultam ou impedem o seu desenvolvimento pessoal, ou a sua ascensão profissional.

São impedimentos sutis que inibem a autoconsciência de quem você é de sua autoliderança.

I – Armadilha Dino da Silva Sauro: “Querida, cheguei!” “Sou um derrubador de árvores.”

O conformismo caracteriza um perfil passivo, próprio de quem não está ocupado em evoluir como pessoa, logo como profissional. Geralmente é aquela pessoa que não aceita novas ideias, foge de cursos de aperfeiçoamento, nega as tecnologias de avanço, tem dificuldade em dialogar com gerações diferentes.

 II – Armadilha Hardy: “Oh, vida! Oh, céus! Isso não vai dar certo?” “Por que não eu?” “Só acontece comigo!” 

O coitado, a vítima, o azarão representa o estágio mais avançado do Dino.
Por acreditar ser incapaz de realizar, graças a crenças limitantes que a própria pessoa se dedica, busca incessantemente convencer a família, a equipe de trabalho de que é uma pessoa boa, mas que sofre assédio moral de todos, responsável por torná-lo um derrotado.
Passa a vida lamentando e sofrendo por não ter o poder de mudar.

III – Armadilha King Julien: Tem sempre uma segunda opção. Não é nada pessoal, meu caro, mas a gente é melhor do que tu!” 

Valoriza a autoimagem de perfeição; quem erra é o outro.
Ele é o máximo, perfeito.
Diante da crise, tem dificuldade de admitir os próprios erros, não se aceitando como imperfeito, então transfere a responsabilidade pelo erro ao outro.
Uma pessoa inflexível, sofre tanto física quanto psiquicamente, porque não admite os erros, admiti-los é abdicar do seu potencial de superá-los.

IV – Armadilha Scooby-Doo: “Patas, pra que te quero!” “O quê? Fantasma? 

Ousadia com estratégia, ou sem estratégia não faz parte da realidade.
Aquela pessoa que trava na hora “H”, tem metas e sonhos, mas o medo dos riscos no caminho da realização sobressai, então é melhor não fazer nada.
Vê todo e qualquer obstáculo como intransponível, portanto, não possui habilidade com análise de riscos, com estratégias de empreendimentos.

Ao conhecer essas armadilhas, você se reconheceu?
Não se assuste, todo ser humano – em algum momento – passa por elas.
O importante é reconhecê-las e buscar a libertação!

Ocupe-se com a resolução.

A hora é agora, aproveite a crença brasileira de que o ano só principia após o carnaval e coloque-se no comando da construção da sua Melhor versão com exercícios diários, práticas mentais transformadoras do seu modo de pensar.

À noite, após avaliar suas ações diárias, pegue um caderno, anote da data, faça-se 3 perguntas poderosas, responda-as e escreva as respostas:

  1. Faz sentido eu pensar dessa maneira?
  2. Quais os 3 sentimentos que vêm à mente diante dessa situação?
  3. Quais as 3 atitudes terei amanhã, para pensar e sentir a favor do que eu desejo?

Na noite seguinte, avalie o progresso, anote os resultados:

  1. Cumpri minha meta e consegui diminuir minhas armadilhas;
  2. Cumpri em partes;
  3. Não cumpri.

Se fizer sentido pra você, prosseguir com seu processo de AutoLiderança, faça as mesmas 3 perguntas, responda-as e… bora lá realizar.

A sua mente é neuroplástica, logo tudo pode mudar, mas permita-se um prazo de treino de 21 dias.

Estamos Juntos nesta Jornada até o SUCESSO.

Leia Também:

Ousar versus Zona de Conforto

Estado de Flow – Flua

Como agir com Inteligência Emocional

 

ousar e vencer barreiras

OUSAR versus ZONA DE CONFORTO

É muito provável que a temática de muitas conversas nas redes sociais, nos restaurantes e sofás – mundo afora – tenha ficado apegada em questões políticas, sociais.

É também bastante provável que você tenha se dedicado alguns segundos de seu precioso tempo, para estudar, ler, praticar atividade física, brincar com seus filhos humanos e pets, entre outras atividades edificantes.

Agora, não podemos negar, que o mundo teve a oportunidade de observar uma PODEROSA AULA de RESILIÊNCIA.

Você, querido leitor – querida leitora, pode estar espantado e a pergunta berra em sua mente: ‘Mel, o que é Resiliência?’

Eu lhe digo que Resiliência é a capacidade do SER HUMANO de começar novos caminhos, após uma SUPERAÇÃO.

Você pensa um pouco, em sua mente, passam diversas histórias pessoais, familiares, de artistas…
Mas, todas elas surgindo de uma SUPERAÇÃO NEGATIVA, uma crise financeira, uma perda, uma doença…

Sim, todas essas histórias são válidas, mas o tema desse artigo de hoje está relacionado com RESILIÊNCIA superando algo muito positivo. Conto a história RAMYEN.

Ramyen, nasceu numa pequena cidade, família de pessoas trabalhadoras que enxergaram em suas brincadeiras infantis, habilidades que mereciam ser desenvolvidas.
Com muita luta e sacrifício, colocaram-no numa escola para desenvolver suas habilidades pessoais e aprender a partilhá-las com uma equipe.

Essa criança tornou-se um profissional comprometido, aquele tipo que veste a camisa da empresa, desafia toda Lei da Física e as intempéries climáticas, para realizar suas metas, obter o SEU resultado desejado.

Foi assim crescendo profissionalmente, construindo um Plano de Carreira Exemplar. Muitos outros estagiários o viam como modelo; muitos Headhunters faziam-lhe diversos convites, para integrar empresas multinacionais. Ramyen queria chegar ao Corcovado, ou seja, ao topo na sua empresa.

Assim o fez.
Trabalhou muito, batendo metas em cima de metas.
Chegou ao topo, foi reconhecido como um dos melhores funcionários, atingiu o ponto mais Alto do Corcovado!

Era a hora de sair do provinciano e OUSAR agregar valor a uma empresa multinacional, além da remuneração financeira.

Ramyen COMANDA A SUA VIDA!

Existe à sua frente a montanha mais alta dos Andes, muito a caminhar e escalar.

Mas, toda mudança traz consigo a realidade VENCER BARREIRAS, Ramyen teve suas barreiras, eu poderia enumerá-las, mas prefiro – como ele – FOCAR  nos ganhos, porque as dificuldades são lições que aprendemos e – uma vez – aprendidas, para um MindSet (padrão mental) empreendedor, o desejo é aprender mais.

Nessa multinacional teve a oportunidade de conhecer novas estratégias, pode aprender com profissionais mais experientes e, mesmo com os elogios, pode desenvolver mais e melhor sua técnica criativa, eficiente e eficaz de gerar e obter resultados.

A vida estava tranquila, agora ele tinha reconhecimento internacional, ganhos compatíveis com seu desempenho. 

Sua família já vivia uma vida confortável, podia prover a vida do filho de conforto, gerava conforto para muitas pessoas com suas doações, construira uma escola – uma Startup, para crianças que – como ele – possuem habilidades estratégicas de criação, desenvolvimento, lançamento de novos Games para o mundo do esporte e entretenimento.

Mais que modelo é inspiração para construir uma nova história. Ramyen agora estava no topo da montanha mais alta dos Andes.

Ramyen estava bem, bem demais, para a maioria; só que BEM não é o máximo para uma Alma empreendedora, para uma Mente criativa, para um SER saudável.

O que estava faltando, se questionava muito.
Volta e meia retorna ao seu país, para compartilhar sua Alta Performance, sua carreira profissional chegou ao máximo – aos olhos dos acomodados.

Uma empresa também internacional, enxerga em Ramyen o elemento ideal para compor sua equipe.
Os grandes executivos veem em sua alegria, sua capacidade criativa de construir, de desenvolver e – principalmente de finalizar – obtendo resultados extraordinários, a peça que falta para o time.

Ramyen recebe a proposta, analisa-a criteriosamente: a remuneração é interessante, geograficamente é um lugar atraente, mas o que traz peso na decisão é o DESAFIO.

Está diante da montanha mais alta dos Alpes, mas ainda – não é o Everest.

Ramyen É O PROTAGONISTA da SUA HISTÓRIA!
Ele sabe que pode agregar mais valor à nova empresa; ele reconhece que essa mudança é mais confortável, porque ele vai liderar a equipe, não terá que provar sua competência individual.

Ramyen tem clareza solar de que nessa nova empresa, ele será o líder do time, o elemento motivador, para novas criações de jogadas, novos dribles, novas exibições do MELHOR futebol ARTE, porque como diz a canção: “Tocou Neymar é gol!” Saiba mais sobre essa canção!

Agora Ramyen é anagrama de Neymar, ou seja, apenas mudei as letras de posição, construí um novo nome. Sim, estou falando de Neymar – um atleta, criativo em criar jogadas memoráveis, mesmo que – nem sempre – ele sacie as expectativas dos amantes do futebol.

Independente de toda questão financeira, Neymar trocou a sua zona de conforto por um novo DESAFIO.
Muitos críticos de futebol opinaram ser bola fora.

Pode ser que estejam certos, se estivessem falando de qualquer pessoa; mas estamos falando de um homem jovem, saudável, que ama o que faz, um artesão do esporte, alguém que:

AMA o que faz e executa bem feito. FAZ o que ama e transforma esse amor em resultados comprovados.

Ele tem muito a perder. Será? E, se tiver, sempre se pode aprender e recomeçar.

O fato é que diante de um DESAFIO, existe a MOTIVAÇÃO para vencê-lo, construindo SUA MELHOR VERSÃO.

Gratidão Neymar – Ramyen – pelos ensinamentos: seus ganhos, suas escorregadas, suas perdas. Entendemos que você está cansado de trabalhar com amor, mas a pressão do esporte começa a tornar visível as cicatrizes de uma infância, adolescência, juventude com o peso da responsabilidade nas costas. Não só de carregar a família, como também de SER sempre O MELHOR aos olhos do mundo.

O descuido da Saúde Mental e o Burnout se configura, através de lesões, dificuldade de concentração, de finalização das jogadas…

Isso não significa fim da história. Significa um ALERTA para todos nós, líderes, de que precisamos cuidar do corpo e da mente igualmente.

E VOCÊ:
                Qual é o SEU desafio – a montanha que VOCÊ TEM PARA ESCALAR?

Bora lá, sair da zona de conforto.

Chega de ficar se lamentando. Sua mente merece sucesso e saúde.

Faça vistas grossas à opinião dos outros, porque ela é do outro. Tudo bem.

Basta de ser levado pela vida.

LIDERE com AUTENTICIDADE: é a sua hora é de CONSTRUIR nova HISTÓRIA.

Autoconhecimento é Sucesso

Autoconhecimento constrói Sucesso.

Quando pensamos em nossa vida, queremos sempre o melhor.
O melhor em nossa vida pessoal.
O melhor em nossa vida professional e empreendedora,
para que possamos ter o sucesso, os resultados que desejamos.

É sabido que, para construir sucesso, existe a necessidade de conhecermos:

  1. Nossos objetivos. Onde queremos chegar.
  2. Nossos limites. Nossos pontos de melhoria: o que somos capazes de suportar e quanto podemos nos dedicar.
  3. Nossas capacidades. Nossos pontos fortes, competências.

Só que esses conhecimentos estão vinculados ao cultivo do nosso autoconhecimento, porque quando nos conhecemos a fundo e verdadeiramente, adquirimos segurança para decidirmos todos os passos evolutivos, para realizarmos nossas tarefas rumo ao sucesso e assim, otimizarmos os resultados desejados.

Autoconhecimento é provavelmente a maior das ferramentas profissionais, porque nossas atuações na carreira é reflexo de como atuamos no mundo e somos percebidos nele.

Quando conquistamos esse degrau em nossa vida pessoal, significa que o próximo passo é a obtenção de resultados extraordinários e assim, conquistarmos nossa verdadeira liderança.

Sabendo com exatidão o momento de assumir responsabilidades, delegar tarefas, sendo mais produtivos individualmente e na equipe de trabalho, buscando concretamente o resultado final desejado.

Investir em autoconhecimento, portanto é o caminho.
Invista em autoconhecimento.

Invista em Mentoria do Autoconhecimento: um processo prático, composto de várias técnicas de autoconhecimento com conceitos psicológicos e filosóficos, compreendendo como funcionamos e como podemos melhorar nosso comportamento de acordo com nossos objetivos, traçando metas claras. Tudo isso, construindo uma Mentalidade Saudável, portanto Próspera.

Ousar ser comprometida com a própria vida.

Vencer Barreiras pessoais e profissionais com eficiência e eficácia.

IR ALÉM, com certeza, fazendo a diferença para sua vida em todos os âmbitos.

Comande sua vida e decole na vida sua vida profissional.

Clique aqui para entrar em contato comigo e começar sua Jornada para o SUCESSO.

Plante Mudanças e Colha prosperidade

Plante mudanças. Colha prosperidade

É sabido que o nosso mundo exterior é consequência da nossa realidade interior.

Vivemos nossas verdades individuais (crenças) repetindo padrões, alicerçados em programações antigas, inconscientes que nos trouxeram até aqui, até essa situação vigente.

Essas produzem emoções e comportamentos que nos fazem andar em círculos, repetindo os mesmos velhos e excassos resultados.

Talvez você conheça pessoas que vivem as seguintes situações:

Situação 1: Pessoas que vivem constantemente no vermelho.
Sempre com a corda no pescoço.
Desconhecem  a estabilidade financeira.
Encaram a roda dos altos e baixos a vida toda.
Não conseguem poupar, juntar, investir e, quando conseguem, perdem tempos depois. E, olha que – muitas vezes – não perdem em jogos de azar, ou investimentos inseguros, perdem no gasto com doença.

Situação 2: Aquelas pessoas que ganham – o suficiente. Guardam e não investem.
São contaminados pela acomodação na perda de tempo, conhecida como falta de produtividade  e, consequentemente, perdem dinheiro.
A falta de motivação faz com que não aprendam a investir, mantendo-se assim em constante necessidade e dependência da força de trabalho, deixando escapar oportunidades que poderiam levar-lhes à liberdade financeira.

Se você se encontra em uma dessas situações:
Você não conseguirá realizar seus sonhos materiais!
E isso não significa castigo de Deus, carma, destino, acaso, azar.

Você – com certeza solar – está vivendo e convivendo com padrões internos profundamente instalados, enraizados de crenças e valores limitantes com relação ao dinheiro, ao trabalho, à qualidade de vida, ao acúmulo de dinheiro, à realização material, ao convívio com pessoas que não lhe estimulam; pelo contrário, impedem que você prospere e chegue aos resultados desejados.

Você pode adquirir uma mudança comportamental e emocional eficiente, de maneira rápida e duradoura, mas para alcançar isso, é fundamental que você identifique em seu repertório de crenças, quais as suas verdades individuais, profundas que sabotam sua necessidade e desejo de progredir.

Essas crenças são raízes doentes que enfraquecem toda a árvore e seus frutos.

Se você deseja – de fato – viver uma nova realidade de vida, mais saudável, mais próspera, mais feliz é fundamental que você mude a realidade interior, dê novo significado para suas verdades individuais, acessando seu sistema de crenças e valores herdados da família, ou construídos em reação a fatos significativos.

Se você se percebe dessa maneira e deseja viver uma nova realidade, a novidade é que da mesma maneira como essa programação se instalou em sua mente, ela pode (e eu sugiro que seja) ser reprogramada, para que você colha resultados diferentes e mensuravelmente mais positivos e saudáveis.

Com a Metodologia que desenvolvi ao longo de meus 30 anos de trabalho e estudo, garanto que você pode conseguir resultados mensuráveis e progressivos, através do AutoConhecimento, curando e despertando suas competências, habilidades, inteligências para trabalharem com você, por você e em prol de uma vida próspera.

Plante Mudanças Internas e – com certeza – você colherá PROSPERIDADE.
Vamos vencer essas crenças limitadoras de seu Sucesso?
Clique aqui para conversarmos sobre como resolver seu problema.