O que você enxerga

Gestão de Projetos – Além do que se vê.

“A vida é o que fazemos dela.
As viagens são os viajantes.
O que vemos não é o que vemos, senão o que somos.”
Fernando Pessoa

O que você vê na sua vida?
O que você vê e enxerga na foto presente neste post?
Alguma vez, você trocou a cor, ou cortou os cabelos e ninguém percebeu?
Tem um estudo sobre isso!

Em, 1998, estudiosos das Universidades de Harvard e Kent fizeram um experimento que – talvez – você já viu e riu muito reiteradas vezes na famosas “pegadinhas”, em programas de auditório nas TVs abertas e fechadas.

O estudo é este:
Cenário: uma rua, praça pública.
Envolvidos: Um ator necessitando de uma informação. Um pedestre comum. 2 trabalhadores carregando caixas, ou materiais de construção.
Contexto: Ator faz uma pergunta ao pedestre, enquanto esse responde, 2 trabalhadores passam carregando um objeto que impede a visão entre o ator e o pedestre com alguns segundos.
Novidade: enquanto os trabalhadores estão passando trocam o ator, por alguém com trajes e aparência diferentes.
Conclusão: 50% dos testados não perceberam a mudança do ator, continuaram dando a resposta e foram embora.

O que podemos entender desse estudo?


Nós não notamos o que está diante de nós.
Esse é o motivo pelo qual no Reality BBB, os participantes com o passar das horas, esquecem que estão sendo observados – até que alguém alerta.

A questão é que não temos tanta consciência do que se passa à nossa volta. Esse fato chama-se Cegueira a Mudanças”.

Cegueira a Mudanças é a nossa capacidade seletiva em relação ao que apreendemos em qualquer cena visual, concluindo que nos pautamos muito mais pela memória e o reconhecimento de padrões, do que pelo que estamos – de fato – vivenciando.

Vamos exercitar o nosso cérebro!

Olhar. Ver. Enxergar os detalhes. Perceber as pequenas mudanças em nós e nos outros é uma prática que funciona como afinar um instrumento musical, ou seja, proporciona mais cor à vida.

A autoLiderança e a liderança de pessoas correspondem ao mesmo canal de comunicação, ou seja, os erros que cometo comigo mesma, tendo a cometer com as outras pessoas.

O mesmo se reflete na Gestão de Projetos, a régua, a medida é a mesma, por isso os erros se repetem sucessivamente.

Em meus 30 anos de atendimentos a pessoas e empresas, observo essa rigidez pseudo-prática de olhar a situação e deduzir os resultados.
Tudo muito precipitado, sem estudo e os resultados serem sempre os mesmos.

Estamos falando de VIDA. A vida é dinâmica, assim como a Gestão de Projetos.

Temos de analisar em profundidade: olhar ⇒ ver ⇒ enxergar ⇒ perceber ⇒ analisar a melhor estratégia de mudar aquela situação e implantá-la com todo o cuidado e comprometimento.
Com a intenção de acabar com o conflito, de alavancar as vendas, de potencializar o profissional, de proporcionar saídas saudáveis e sustentáveis para os relacionamentos.

Responda: O que você vê na imagem deste post?

Leia Também:

Como ser um Líder Autêntico

Dica de Leitura: Transformando suor em ouro

4 hábitos que dão um Up na sua Liderança

 

Mel Moura Moreno, liderança

Eu RE-conheço LIDERANÇA em Você. 🚀

Mel Moura Moreno

Analista Comportamental, Consultora e Mentora de Liderança e Gestão de Projetos (Pessoal, Carreira e Negócios).

email: contato@melmouramoneno.com / WTS https://wa.me/message/Z62XJ2FUMGXXB1

Leia também